quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Função metalinguística!

A função metalinguística se utiliza do código para explicar o próprio código. 

Desafio: produza um poema com predominância desta função.

3 comentários:

aninha disse...

Essa língua portuguesa é difícil de aprender
Tem suas regras bem complicadas ...
Em outros países não é muito utilizada,
Mas sem ela não seríamos nada

Nela vemos verbo, artigo, substantivo, adjetivo,
conjunção e preposição
Que podem dar origem a uma oração
Subordinada ou coordenada

Fazemos muito confusão
Na hora de saber
Se é "aonde" ou "onde" eles vão

Os parônimos são bem complicados
Temos que saber
Que eles não têm o mesmo significado

A concordância é essencial
Temos que analisar se é
Nominal ou verbal

Na fala pode estar certo
Mas na escrita não
Por isso temos que prestar atenção.
Esta língua não é fácil, não!

Giih Peralta Ceravolo disse...

Prazer, sou aquela...


Quando a frase é coesa tudo fica uma beleza
E não ache que é fácil não
Porque se uma letra você errar
Eu faço todo o sentido mudar.

Afim ou a fim?
Onde ou aonde?
Trás ou traz?
Eis a questão?

E não para por aqui não
Eu ainda tenho a regência verbal
Para lhe mostrar que nem tudo é normal
Uma palavra, vários significados.

Então agradeça a função metalinguística
Porque sem ela eu não me apresentaria,
Prazer, sou a Língua Portuguesa!
Mas pode me chamar de "dor de cabeça".
Giovana Peralta Ceravolo

Maria Teresa disse...

Poesia
Fazer uma poesia é difícil
Tem que pensar,escolher e combinar cada palavra
Além disso tem que tocar,
Mas não de encostar,
Sim de emocionar
Usar as palavras com destreza e paixão,
Em uma linha infinita de pura imaginação,
É só abrir a mente,
Recordar o passado e descrever o presente,
É transmitir o sentimento ao leitor,
É querer abraçãr o mundo com o coração
A poesia,tudo contém,
Mas em nada está contida.